As 10 formas de um músico profissional ganhar dinheiro

1491
Ganhar Dinheiro
Estamos numa era onde a compra e venda de discos (e até músicas no Itunes) não é de todo suficiente para um músico viver, compilei as 10 formas de um músico profissional ganhar dinheiro.

0) Vendas de discos

Bem, não vamos falar desta.

1) Tocar ao vivo

Seja em projetos originais ou bandas de covers, há um mercado gigante disponível para que um músico se possa sustentar. Muitos músicos são também músicos substitutos para atuações ao vivo. Já escrevi sobre o músico substituto neste blog.

2) Aulas

O ensino é e sempre será um dos principais sustentos de quem sonha viver da música em Portugal e no mundo. Para muitos acredito que este não seja apenas um plano B mas algo que lhes dá bastante recompensador.

3) Músico de estúdio

Vários músicos ganham a sua vida como músico de estúdio. Um músico de estúdio é contratado pela sua perícia técnica ou especialização no instrumento. Poderá substituir algum dos músicos da banda em questão que não é tão experiente para gravar em estúdio ou simplesmente ser um músico extra para o tema em questão.

4) Composição

Se és um músico compositor, porque não o aproveitares para ganhar alguns € extra com isso? A composição de temas para outros projetos artísticos poderá ser uma porta aberta para fazeres o que gostas e ao mesmo tempo colecionadores uns belos €.

4.1) Vender “stock music” para vídeos, sites, etc.

Para os músicos compositores, o mercado da criação de músicas para vídeos, sites, entre outros é algo certamente a explorar. Plataformas como a Audiojungle ou Audiosocket, oferecem a oportunidade de venderes a tua música para estes fins.

5) Youtube

O Youtube é hoje uma plataforma para onde todos se devem dirigir e dominar. Existem já vários músicos e produtores musicais que produzem conteúdos interessantes para o youtube de forma a gerar receitas através de lá. Os tutoriais e aulas virtuais são sem dúvidas vídeos muito procurados e de grande aposta.

6) Crowdfunding

Plataformas portuguesas como a portuguesa PPL é uma forma segura de iniciares o teu primeiro projeto suportado pelos teus seguidores. Crowdfunding tem revolucionado o mundo das startups pelo mundo fora, porque não o mundo do espetáculo? Crowdfunding é uma modalidade de investimento onde cada pessoa poderá investir uma pequena quantia de dinheiro no que projeto de forma a tornar possível. Já se diz à muito tempo. De grão a grão, enche a galinha ao papo.

7) Royalties

De forma simples, os royalties é uma pequena remuneração que recebes sempre que alguém pretende usar a tua música. Imaginemos, sempre que a tua música passa na rádio ou na televisão, tu tens direito a ser renumerado por isso. Existem várias entidades como a SPA e a GDA que fazem a gestão destas utilizações e podem ajudar-te a colectar o que é teu.

7.1)  Streaming

O mercado do streaming está em ascensão astronómica e só quem não quer é que não cresce com ele. Por cada vez que a tua música toca em algum provedor de streaming como o Spotify são mais uns centimos que caem na tua conta. Pensa nisso!

8) Merchandising

Principalmente para projetos de originais. Os WACK dos quais faço a gestão de carreira, pagaram mais do que o último ano de ensaios só com receitas de merchandising. Incrível não é?

9) Patrocínios

Quando já tens uma base de fãs interessantes é normal que grandes marcas se queiram associar à tua imagem para chegar aos teus fãs de forma cool.

Tens mais ideias de como um músico pode fazer ganhar dinheiro? Partilha-as comigo para joao@tuff.pt de forma a atualizar este artigo.

Até já!