Manager Musical – Quem é Quem?

O papel do Manager

Agora que está muito na moda, posso dizer que gerir uma banda é como gerir uma start-up. É necessário um espírito “empreendedor” para fazer seguir o projeto para a frente e é aqui que entra a figura do Manager.

O papel do Manager tem evoluído bastante nos últimos anos e difere claramente da dimensão do projeto. Normalmente, o Manager recebe entre 10% a 20% de todas as receitas que o artista tenha, desde um cachet de um concerto a uma t-shirt vendida.

Em traços gerais, o Manager é o responsável, o paizinho, desta startup chamada banda. Entre outras funções, o Manager (gestor), responsável pelo management (gestão), assume as seguintes:

Funções do Manager

  1. A responsabilidade pela saúde financeira da banda, controlando os custos com as receitas,  garantindo os pagamentos e decide onde poderá investir o dinheiro (merchandising, promoção, novos vídeos e/ou fotografias). Este deve entender os modelos financeiros e como podes ganhar dinheiro com a música.
  2. Por isto, é responsável pelo merchandising. Desde CDs para o concerto, t-shirts a adesivos para carros e outros itens promocionais de pequeno porte… Os fãs querem algo que possam levar para casa com eles.
  3. Responsável por estabelecer parcerias com marcas (patrocínios e endorsements) e outros serviços.
  4. O lado de Pai da banda a nível emocional, garantindo que todos tem metas comuns e o mesmo nível de compromisso. É o manager que deverá entender como lidar com os egos dos artistas de forma a evitar confusões entre a banda.
  5. A responsabilidade pelo planeamento estratégico do projeto e assegurar que é cumprido o cronograma de execução.
    1. Mantém um relacionamento directo e diário com o agente/responsável pelo booking da banda. O Agente consulta sempre o Manager sobre cada concerto para que haja sintonia.
    2. Mediador entre a banda e a editora ou será ele, em projetos mais pequenos e independentes, responsável pela edição e distribuição.
    3. Coordena a agenda de toda a gente e garante que os horários e prazos são cumpridos.
  6. Responsável pela promoção/comunicação da banda, contactando com a imprensa para garantir notícias. Procura aumentar a notoriedade através de críticas ao disco, cobertura dos concertos, redes sociais, website, etc. Garante que a banda quando aparece, aparece bem.
Resumindo, o paizinho, isto é o Manager, tem sem dúvida um papel fulcral para o sucesso da banda. É também quem arranja sempre solução para tudo. Normalmente é quem assume e tenta suavizar os actos menos responsáveis dos artistas. 😛

Conto esmiuçar cada um destes pontos nos próximos posts.

Siga!

João Moura de Paiva

Managing Partner @ tuff Agency