7 pontos para manteres a tua banda unida

7 pontos para manteres a tua banda unida

As bandas, como qualquer projecto são a cima de tudo um conjunto de “egos” com objetivos e ambições diferentes. A maioria das bandas termina após algum tempo exactamente por não se conseguir gerir esta situação. Então como vais conseguir manter a tua banda unida?
Estes são os 7 pontos que vão garantir a continuação do teu projeto:

1) Relacionamentos amorosos entre banda são estritamente proibidos

Acho que não preciso de explicar porquê. Um projeto musical não poderá flutuar ao vento de relações atribuladas.

2) Quando 2 membros tiverem interesse na mesma pessoa, é melhor esquecerem.

Até em filmes esta situação acontece, quanto mais na vida real. Às vezes estragam-se anos de investimento em bandas por relações que duram 2 ou 3 meses.

3) Todos fazem falta mas ninguém é insubstituível.

Os egos são a pior dor de cabeça na gestão de um projeto musical. Há sempre aquele músico que não se importa com nada e o que se importa com tudo. O que gosta da luz das câmaras e o que tem fobia. Mas a cima de tudo deve-se encontrar aqui um meio termo para ninguém se sentir ofendido ou superior a qualquer outro membro.

4) Definam muito bem o papel de cada elemento dentro da banda

É importante saber com quem contar e o que cada um pode fazer pela banda. É importante saber quem está a liderar e quem é o responsável por cada ponto da gestão de um projeto

5) Manter o mais claro possível todas as contas da banda

A seguir às relações e à disputa de egos, o dinheiro é o mal de todos os problemas. Torna todas as contas do projeto acessíveis a todos para que ninguém se sinta enganado na gestão do projeto.

6) Jantares de banda fora do ambiente de trabalho são obrigatórios

Promover uma boa relação entre os membros da banda é um passo largo para o sucesso e continuidade da mesma. E que melhor forma existe do que belos jantares de equipa onde se possa falar de tudo, menos de música?

7) Divirtam-se

É bom ser-se profissional mas isso não significa que não te podes divertir a sê-lo. Arrisquem, tentem e criem sem limites. A cima de tudo divirtam-se.

João Moura de Paiva

Managing Partner @ tuff Agency